O site da Jeitinho de Roça utiliza cookies. Saiba mais sobre nossas Políticas de Cookies clicando aqui. Ao navegar você concorda com a sua utilização.
Saiba mais sobre os cookies em nossa Advertência Jurídica e Políticas de Privacidade

8 dicas para evitar sinusite.VENHA CONFERIR

8 dicas para evitar sinusite.VENHA CONFERIR

Sinusite é a inflamação dos seios da face, que ocorre principalmente como complicação de um resfriado. Na sinusite esta secreção fica presa, concentrada e viscosa, comprimindo as paredes dos seios da face, provocando inflamação e causando dor.

Nem sempre a sinusite provoca a clássica dor de cabeça, mas é comum vir acompanhada por tosse intensa, obstrução nasal com catarro que incomoda bastante ao respirar, mal-estar, febre e dores na face.

 

Estudos mostram que menos da metade das sinusites é de causa bacteriana. O que principalmente melhora os sintomas de uma sinusite é possibilitar a saída deste catarro dos seios da face.

O uso de medicamentos deve ser sempre prescrito pelo médico, pois existem diferentes medicações a serem utilizadas de acordo com as características da doença em cada paciente. Mas alguns cuidados simples podem ajudar a evitar o surgimento da sinusite e também melhorar o seu tratamento:

1) Beba muita água. Mais do que o habitual. Nesta época mais fria, é normal que a sede diminua um pouco. Por isso fique atento e crie o hábito de beber água mesmo sem sede. A hidratação ajuda muito a fluidificar as secreções, facilitando que elas saiam em vez de se acumular.
2) Assoe o nariz! Se sentir o nariz congestionado e com secreção, ande sempre com lencinhos de papel e toda vez que precisar, assoe o nariz com vontade! Jamais fique inspirando para fazer a secreção subir, pois isso só fará com que ela se acumule na região do rosto que chamamos de seios da face, causando a sinusite.
3) Lave o nariz. Aplique soro fisiológico várias vezes ao dias. Espirre soro pra valer, com vigor para limpar o nariz de todas as secreções, depois assoe. Você vai sentir um grande alivio!
4) Evite sujeiras e cuidado com as alegrias. A poeira e poluição em geral engrossam a secreção, dificultando sua saída e tornando-a ainda mais inflamatória. O excesso de ar condicionado e outros fatores que causam alergia também vão intensificar a produção de secreção e devem ser evitados.

6) Faça vaporizações constantes. Se estiver resfriado, faça inalação com soro fisiológico ou, caso não tenha inalador em casa, coloque água fervendo em uma tigela grande e fique respirando o vapor por alguns minutos. Este vapor mata boa parte dos microrganismos e melhora a saída da secreção, aliviando os sintomas. 6) Umidifique o ambiente. Caso esteja enfrentando uma crise de sinusite durante clima seco, um umidificador do ambiente pode ser benéfico, principalmente durante o sono. Tigelas com água e toalhas molhadas nos cômodos da casa também ajudam. 7) Abuse dos alimentos imunoestimulantes: Alho e cebola, que são antibióticos naturais e propriedades também antiinflamatórias, gengibre, copaíba, frutas ricas em vitamina C.

8) Faça exercícios físicos leves, como a caminhada, por exemplo. Exercícios são indicados porque ajudam a aumentar a temperatura da face e assim melhoram a drenagem da secreção.

Quando o resfriado, que é uma infecção viral, não passar em cinco ou seis dias, é bom procurar atendimento médico, pois podem ter surgido outras complicações respiratórias.

 

Se o paciente tiver sinusite que não melhora com os tratamentos convencionais, deve procurar um otorrino que fará a avaliação para prescrição do tratamento adequado.

FONTE:http://massaobemestar.blogspot.com.br/

 

Envie seu comentário